Gestão financeira para pequenas e médias Empresas de Beleza
Gestão financeira para pequenas e médias Empresas de Beleza

A Importância da Gestão Financeira para pequenas e médias empresas da Área da Beleza

Por Eliane Pereira da Silva

 

Histórico e Realidade

É conhecimento de muitos profissionais que passamos por um momento de recessão no mercado. Porém, uma matéria que saiu na revista Você S/A de Janeiro de 2015, destaca um ranking de ramos de empresas que crescerão em 2015. O primeiro lugar foi para a alimentação e o segundo lugar foi para a área da beleza.  A tendência desse crescimento vai para vários nichos de mercado que surgem de acordo com a necessidade de sua própria carteira de cliente. Dentre esses ofícios, vale destacar os serviços Express, Cosméticos Funcionais, Beleza Móvel e outros que tomam forma por causa da agenda apertada de trabalho que muitas pessoas tem, e pouco tempo para estar nas denominadas Empresas da Beleza. Tanto crescimento, criatividade e inovação assim requerem uma gestão financeira adequada que dê suporte à ascensão da empresa. Para falar um pouco da gestão financeira, destacam-se as rápidas mudanças que estão ocorrendo na contemporaneidade. Tais mudanças dizem respeito a questões dentre outras, à cultura e a tecnologia. Além disso, compreendemos que a produção do conhecimento globalizado, tende a superar cada vez mais, as formas arcaicas de gestão do mundo do trabalho.

Sem dúvida, essas mudanças, culturais e tecnológicas, contribuem para um impacto nas organizações, pois através desse crescimento as empresas ganham uma gestão mais organizada e eficaz, criando então a oportunidade de competição com o mercado. Durante os séculos XIX e XX a economia foi caracterizada pelas grandes empresas, pois a partir delas se viam a oportunidade de crescimento e desenvolvimento econômico. Nesse meio tempo surgem então as micros e pequenas empresas – MPEs, que vem concretizando uma forte participação no mercado, marcadas, porém, pela fragilidade de  suas próprias formas e capacidades de gestão. Todavia, mesmo com essas substanciais informações e contribuições as MPEs possuem sobrevivência curta por falta de administração. De acordo com Sebrae 80% das empresas deixam de existir em 5 anos e isto se dá pela falta de gerenciamento adequado voltado para administração financeira e estratégica. A falta do aspecto gestão financeira é o principal fator contribuinte para a rotatividade das MPEs, revelando o problema da discutível capacidade de administração.

Gestão Financeira

A gestão financeira contribui com uma parcela importante para as empresas, pois, é a partir dela que a empresa possui saúde financeira e conseqüentemente fôlego para passar as recessões do nosso mercado. Acredita-se que, para a conquista de uma excelente gestão financeira adequada aos salões de beleza e clinicas de estética, é necessário que os empreendedores, dentre outros aspectos, tenham primeiramente,o controle de suas entradas e saídas, pois, com essa ferramenta se tem um primordial suporte para tomar suas decisões. Grandes empresários conquistaram um alto nível financeiro em suas empresas pelo simples fato de administrar suas finanças. Ressalta-se que, se a empresa não tiver princípios próprios de controle jamais irá conseguir maximizar o aspecto financeiro de sua empresa ou mesmo o valorizar o seu negócio. Finança pode ser definida como “a arte e a ciência de administrar fundos”. O que é administrar fundos? É simplesmente administrar as entradas e saídas de sua empresa. A gestão financeira como o controle de entradas e saídas de dinheiro é desenvolvida através de uma ferramenta chamada fluxo de caixa, que é simples de fazer, mas, possui uma grande importância na hora de tomar decisões. O argumento “Trabalho muito e vejo pouco dinheiro”, é atenuado quando se tem esse controle de caixa, pois, você passa a ter conhecimento claro do direcionamento de seus recursos financeiros. Acredita-se, portanto, que a partir da utilização da gestão financeira através do controle de entradas e saídas desenvolvido pelo  fluxo de caixa pelas empresas, elas serão capazes de controlar de forma mais eficaz seus próprios dados, aumentando dessa forma, suas possibilidades de ganhos.  Empresários da área da beleza se posicionem em busca de aspectos de controle financeiro que possam facilitar a gestão de suas empresas, e esse gerenciamento é realizado por meio da informação adequada para suas tomadas de decisões, gerando então um maior controle dos dados de suas próprias empresas.

Eliane Pereira da Silva, Contabilista, Pós-graduada em Controladoria e Mestrado em Gestão de Empresas pela FGV/EBAPE/ISCTE business School. Professora Universitária. Atua como consultora Financeira/Contábil. Coordenadora de Estágio Supervisionado no Curso de Estética e Cosmética – UEG. Faz parte da diretoria Aprobeleza e Coordenadora da Pós-Graduação de MBA em Gestão de Saúde Estética, Coaching e Docência da EUROAMÉRICA - Instituto Técnico Profissional.

Fonte: http://belleguiadebeleza.com.br/gestao-financeira-para-pequenas-e-medias-empresas/

CONHEÇA NOSSA PÓS-GRADUAÇÃO EM MBA NA ÁREA DA BELEZA E ESTÉTICA: https://goo.gl/ZqBdwo

 

Comentários ():
Voltar